Ao longo dos meses de Julho e Agosto, a coligação PSD/CDS-PP, mais concretamente a lista candidata à Assembleia de Freguesia de Assunção, Ajuda, Salvador e Santo Ildefonso, fez um levantamento do actual nível de satisfação dos moradores acerca de vários aspectos relacionados com a vida quotidiana na maior freguesia do concelho de Elvas.
Abertos à participação de todos, os inquéritos, segundo a coligação, “demonstraram que, dentro do universo dos que responderam, o sentimento de insegurança atinge 80%”.
Margarida Coelho de Paiva, que encabeça a lista à Assembleia de Freguesia, considera que “é necessário combater com medidas concretas a insegurança sentida pelos elvenses”. “Não é aceitável que, como hoje acontece, alguém deixe de sair de casa e de usufruir da nossa cidade a qualquer hora do dia por medo”, refere, acrescentando que “serão propostas formas de, a baixo preço, garantir uma vigilância mais eficaz e um patrulhamento mais frequente que devolva a segurança à freguesia”.
Para além do inquérito à segurança, a coligação “Elvas Somos Nós” levou ainda a cabo questionários relativos à oferta cultural, aos serviços de saúde, ao funcionamento administrativo e aos assuntos ambientais, “tendo os resultados demonstrado que é possível fazer melhor pelos habitantes da Junta de Freguesia de Assunção, Ajuda, Salvador e Santo Ildefonso”.
Durante os próximos dias “serão avançadas algumas medidas propostas pela candidatura PSD/CDS-PP que procuram fazer face às dificuldades sentidas pelos habitantes da freguesia, expressas nos vários inquéritos”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Da loucura da loiça aos comes e bebes, passando pelos espectáculos e divertimentos. Assim foi o São Mateus 2022

Entre aspectos positivos e outros menos bons, chegou ao fim mais uma edição das Festas em …