Portugal registou, nas últimas 24 horas, um novo aumento no número de pessoas internadas com covid-19, 1.610 novas infeções e nove mortes, segundo dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).
Segundo o boletim da DGS, hoje estão internadas 919 pessoas, mais 40 do que no domingo, e 198 estão em unidades de cuidados intensivos, onde foram internadas mais cinco pessoas nas últimas 24 horas.
Os internamentos em enfermarias e em unidades de cuidados intensivos regressaram hoje aos números de março, nomeadamente a 16 de março, quando estavam internadas 955 pessoas e a 18 desse mês, quando estavam em cuidados intensivos 187 pessoas.
A maioria das novas infeções por SARS-CoV-2 regista-se hoje na região do Norte (688), enquanto em Lisboa e Vale do Tejo há mais 519 pessoas contagiadas, que concentram quase 75% dos casos registados nas últimas 24 horas
As nove mortes das últimas 24 horas registaram-se nas regiões do Norte (cinco), Lisboa e Vale do Tejo (três), e Açores (uma).
Os casos nas últimas 24 horas registam-se, sobretudo, até aos 59 anos, totalizando cerca de 90% das novas infeções, sendo em maior número entre os 10 e os 49 anos.
Desde o início da pandemia, já foram diagnosticadas 954.669 pessoas com o SARS-CoV-2 e morreram 17.301 pessoas.
De acordo com a autoridade de saúde, Portugal registou nas últimas 24 horas uma diminuição dos casos ativos, menos 201, totalizando agora 53.996, e mais 1.802 pessoas recuperadas, o que aumenta para 883.372 o número de recuperados desde o início da pandemia.
O número de contactos em vigilância registou hoje um aumento, mais 537 em relação a domingo, num total de 80.684.
A região de Lisboa e Vale do Tejo contabiliza agora no total 373.452 casos de infeção e, a região Norte, 370.347, refere a DGS.
No Centro registaram-se 74 novos casos (128.316 no total), no Alentejo há mais 51 casos (33.194 no total), no Algarve 177 novas infeções (total de 31.658), na Madeira 43 novos casos (10.472) e, nos Açores, mais 58, para um total de 7.230.
Lisboa e Vale do Tejo é a região com mais óbitos (7.382), seguindo-se o Norte (5.408), o Centro (3.039), o Alentejo (980), o Algarve (384), a Madeira (71) e os Açores (37).
As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação disponibilizada no boletim da DGS.
A fatia maior de novos contágios situa-se hoje em pessoas com idades entre os 20 e os 29 anos (413), seguindo-se a faixa 30-39 anos (296), 10-19 (262), 40 aos 49 (213), até aos 9 anos (135), 50 aos 59 (127), 60 aos 69 (84), 70 aos 79 (42) e mais de 80 anos (36).
Nas últimas 24 horas, morreram quatro pessoas com mais de 80 anos, três entre os 70 e os 79, uma entre os 60 e 69 anos e outra entre 50 e 59 anos.
Em Portugal morreram até hoje 9.076 homens e 8.225 mulheres.
As infeções afetaram 437.843 homens e 516.185 mulheres, existindo ainda 641 casos desconhecidos.
A taxa de incidência nacional de infeções pelo SARS-CoV-2 por 100 mil habitantes, nos últimos 14 dias, subiu hoje para 427,5 casos e a do continente atingiu 439,3.
Quanto ao Rt – que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de uma pessoa com o vírus – está em 1,04 a nível nacional e em 1,04 no continente.
A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 4.163.235 mortos em todo o mundo, entre mais de 194,1 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o balanço mais recente da agência France Presse.
A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Covid-19

Veja também

Portugal regista mais cinco mortos e 677 infectados. Alentejo com 34 novos casos e um óbito

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 677 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV…