Um condutor de um pesado de mercadorias, de nacionalidade portuguesa, foi detectado a conduzir de forma perigosa na auto-estrada A-66, próximo da localidade de Fuente de Cantos, na província de Badajoz.

O motorista recusou-se a fazer testes de álcool e drogas, ficando sujeito a uma acusação de delito contra a segurança rodoviária.

As manobras ocorreram no passado domingo, 18 de Julho, depois de a Guardia Civil ter sido avisada por outros condutores do perigo que representava o camião articulado de transporte de mercadorias, que “invadia as duas faixas de rodagem” durante a circulação na via rápida.

O condutor enfrenta várias sanções, uma delas penas de prisão entre três a seis meses, multa entre seis meses a 1 ano ou, em alternativa, trabalhos em prol na comunidade até 90 dias. Poderá ficar sem conduzir num período de tempo que pode chegar aos quatro anos.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Elvas: São Mateus 2021 assinalado com cerimónias religiosas e música alentejana

A edição 2021 das festas em honra do Senhor Jesus da Piedade, em Elvas, contou hoje com um…