Dois médicos e dez enfermeiros, dos três ramos das Forças Armadas, estiveram empenhados, entre os dias 9 e 17 de Julho, no apoio à vacinação contra a Covid-19 a cerca de 12.000 pessoas da região do Alentejo.
Os militares colaboraram com a Administração Regional de Saúde do Alentejo, nos Centros de Vacinação de Beja, Évora, Portalegre e Santiago do Cacém, na preparação, administração e registo das vacinas, bem como no apoio na zona de recobro.

A equipa foi composta por um médico e quatro enfermeiros da Marinha, um médico e quatro enfermeiros do Exército e dois enfermeiros da Força Aérea.

Esta acção, que permitiu acelerar o processo de vacinação na região do Alentejo, resultou de um pedido da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil ao Estado-Maior-General das Forças Armadas.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Covid-19

Veja também

Covid-19: Três novos casos em Elvas

O concelho de Elvas registou, nas últimas 24 horas, três novos casos de pessoas infectadas…