A Câmara de Portalegre vai atribuir a Medalha de Ouro da Cidade ao Presidente da República pela forma como “chamou à atenção” do país nos últimos anos para os problemas relacionados com a interioridade, foi hoje anunciado.
A distinção, que confere a Marcelo Rebelo de Sousa o título de cidadão honorífico de Portalegre, vai ser concedida no decorrer da cerimónia comemorativa dos 471 anos da elevação de Portalegre a cidade, no domingo (23 de maio, dia da cidade), pelas 15:00, na sala de congressos do município.
“Nós decidimos atribuir esta distinção porque, quando Marcelo Rebelo de Sousa foi eleito pela primeira vez [Presidente da República], a primeira cidade que visitou foi Portalegre, chamando a atenção do país para o problema da interioridade”, explicou à agência Lusa a presidente do município de Portalegre, Adelaide Teixeira.
A autarca, eleita pelo movimento Candidatura Livre e Independente por Portalegre (CLIP), considera que essa atitude do chefe de Estado contribuiu para que o Governo, a partir dessa altura, começasse a “abordar mais” as questões relacionadas com a interioridade.
“A segunda razão que nos levou a tomar esta decisão foram as comemorações do dia 10 de Junho terem acontecido em Portalegre, em 2019. Há 42 anos que não se assinalava em Portalegre e, nesse dia, Portugal e o mundo estiveram de olhos postos em Portalegre e isso deu-nos visibilidade, notoriedade, encheu-nos de orgulho ter aqui as comemorações”, acrescentou.
Para Adelaide Teixeira, o Presidente da República “olhou” para Portalegre “de uma forma diferente”, com “equidade”, situação que a região “não tem sentido nas últimas décadas” por parte dos decisores políticos.
De acordo com o município, a Medalha de Ouro da Cidade foi pela última vez conferida há 14 anos, ao antigo ministro da Administração Interna e atual primeiro-ministro, António Costa.
Anteriormente, esta distinção foi concedida aos antigos Presidentes da República Mário Soares e Jorge Sampaio e ainda à Manufatura de Tapeçarias de Portalegre.
Além da Medalha de Ouro da Cidade que vai ser atribuída a Marcelo Rebelo de Sousa, a Câmara de Portalegre vai ainda atribuir no domingo 10 medalhas de mérito a personalidades com ligações ao concelho e que se tenham destacado em várias áreas.
Neste setor, destaca-se a atribuição da medalha de mérito – Grau Ouro ao capitão da equipa de Futsal do Sporting Clube de Portugal, João Matos.
No decorrer da cerimónia vão ser ainda atribuídas 14 medalhas de bons serviços a funcionários da autarquia, sendo que três delas são de Grau Ouro e as restantes 11 de Grau Prata.
A atribuição das medalhas foi aprovada por “unanimidade”, no decorrer de uma reunião do executivo municipal de Portalegre, composto por três eleitos da CLIP, dois do PS, um do PSD e outro da CDU.

HYT // MCL
Lusa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Covid-19: Mais 22 mortos e 5.649 infectados, maior número de casos desde Fevereiro

Portugal regista hoje mais 22 mortos por Covid-19 e mais 5.649 infecções com o vírus da do…