O mês de Abril em Portugal continental classificou-se como muito quente em relação à temperatura e normal no que diz respeito à precipitação, revelou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).
De acordo com o IPMA, o valor médio de temperatura média do ar, 15.01 °C, foi 1.85 °C superior ao valor normal 1971-2000.
Valores de temperatura média do ar superiores aos agora registados ocorreram em 15% dos anos desde 1931.
O valor médio de temperatura mínima do ar, 9.76 °C, foi o 10º mais alto desde 1931 (mais alto em 1945: 11.18 °C), com uma anomalia de +1.63 °C.
Já o valor médio de temperatura máxima do ar, 20.25 °C, também foi superior ao valor normal, +2.07 °C, e foi o 5º mais alto desde 2000 (mais alto em 2017: 23.27 °C).
Quanto à precipitação, o valor médio em Abril, 82.5 mm, foi muito próximo do valor normal 1971-2000 e corresponde a 105%, verificando-se contrastes importantes na distribuição espacial. Em geral, nas regiões do Norte e Centro os valores de precipitação foram superiores ao normal e no Sul foram inferiores. Em particular, no Algarve a percentagem de precipitação foi inferior a 50% do valor médio.
Durante o mês ocorreram aguaceiros, por vezes de granizo e acompanhados de trovoada, por todo o território, sendo localmente fortes nos períodos 8-10, 13-16 e 23-28, este último devido à depressão Lola.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Campo Maior: Aldeia dos Duendes, Feira e Comboio de Natal prometem animar quadra festiva

Sob o mote “Onde tudo se faz Natal”, Campo Maior volta a assinalar a quadra natalícia com …