O presidente da Câmara Municipal de Gavião, José Pio, e o vice-presidente da Autarquia, António Severino, reuniram sexta-feira, dia 7, com o Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA) para dar conta das preocupações do executivo quanto à falta de médicos que se tem vindo a verificar no concelho.
O Município voltou assim “a alertar as entidades de saúde para este problema” e mostrou-se “disponível para colaborar, no que for necessário, no sentido de devolver à população garantias de um acompanhamento médico mais próximo e mais eficaz”.
De acordo com a Autarquia, a ULSNA “garantiu que tudo está a ser feito para que a situação se resolva o mais rapidamente possível, colmatando assim as deficiências constatadas”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Corrida de toiros de Santa Eulália alterada para as 18 horas devido ao calor

A centenária praça de toiros de Santa Eulália, em Elvas, volta a receber, no próximo dia 2…