Um homem de 52 anos morreu hoje na sequência de um acidente de trabalho numa pedreira de mármore no concelho de Vila Viçosa, distrito de Évora, disseram à agência Lusa fontes da proteção civil e da GNR.
A fonte da GNR indicou que o acidente ocorreu na pedreira do Olival do Texugo, entre Bencatel e Vila Viçosa, quando “um bloco de pedra caiu em cima do homem, que morreu por esmagamento”.
Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora adiantou que o bloco de mármore, que “caiu em cima da vítima” quando estava a trabalhar na pedreira, tinha “entre duas a três toneladas”.
O óbito foi declarado no local, tendo o corpo sido encaminhado para o serviço de Medicina Legal do hospital de Évora, acrescentou a fonte do CDOS.
A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) foi contactada para averiguar as circunstâncias em que ocorreu o acidente, de acordo com a fonte da GNR.
Segundo o CDOS, o alerta para o acidente foi dado às 12:04.
Foram mobilizados para o local bombeiros e viaturas da corporação de Vila Viçosa, uma viatura de Suporte Imediato de Vida (SIV), de Estremoz, além da GNR, num total de 10 elementos, apoiados por cinco veículos.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Covid-19: Campo Maior e Elvas sem novos casos nas últimas 24 horas

Os concelhos de Campo Maior e Elvas, no distrito de Portalegre, não apresentam quaisquer n…