O ambiente da feira agropecuária Ovibeja, cuja edição presencial foi cancelada pelo segundo ano consecutivo, devido à pandemia de covid-19, vai ser recriado virtualmente, com uma versão digital do certame, na quinta e na sexta-feira.
Considerada uma das maiores feiras do sul do país, na qual “cabe”, anualmente, “todo o Alentejo deste mundo”, a Ovibeja é organizada pela ACOS – Agricultores do Sul e costuma decorrer no Parque de Feiras e Exposições de Beja – Manuel Castro e Brito.
Em 2020, o certame foi cancelado, devido à pandemia de covid-19, e, este ano, a ACOS adotou decisão idêntica para a edição 2021, por não estarem reunidas condições para a sua realização nos moldes tradicionais, mas substituiu-a por uma feira virtual, de dois dias.
“Percebemos que podemos recorrer às potencialidades das novas tecnologias” para fazer “uma Ovibeja com características muito semelhantes à nossa feira de sempre”, explica Rui Garrido, presidente da comissão organizadora.
Apesar da pandemia, “a verdade é que a vida no campo não parou e os agricultores continuam a produzir alimentos que chegam todos os dias às mesas” dos consumidores e “mesmo as empresas, as marcas e as pessoas reinventaram-se neste mundo em mudança”, destaca o presidente da ACOS.
“A Ovibeja, feita pela comunidade, acompanha e reflete esta procura de novos caminhos” e “sempre soube inovar, superando os obstáculos”, pelo que “vamos ter, em formato digital”, um certame “que recria o ambiente da nossa feira de sempre”, frisa Rui Garrido, citado em comunicado.
A abertura do evento ‘online’, disponível na página www.ovibeja.pt, está marcada para as 10:00 de quinta-feira, com uma sessão que inclui uma mensagem em vídeo do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e intervenções dos presidentes da Câmara de Beja e da ACOS, Paulo Arsénio e Rui Garrido, respetivamente.
Através do ‘site’, o certame proporciona um roteiro tridimensional (3D) pelos espaços habituais da feira, como é o caso dos pavilhões, este ano virtuais, mas que podem ser “visitados por todos” e “com produtos em exposição e para venda”.
“Em formato 3D, vai integrar os espaços conhecidos de todos, o Pavilhão Institucional, o Pavilhão Sabor Alentejo, a Arena do Azeite, o Pavilhão da Pecuária, o Campo da Feira. Vai ter gente dentro. Desafios, encontros, reencontros. Festa. Tudo reunido numa plataforma digital, de acesso livre, para acompanhamento a partir de casa”, resumiu, em jeito de convite, a organização.
A versão digital da Ovibeja, cujo tema é “Agricultura ConsCiência”, para debater a atividade agrícola enquanto “setor sustentável e apoiado em dados científicos”, vai “oferecer” igualmente, à “distância de apenas um clique”, gastronomia, competições, ‘masterclasses’, espetáculos musicais ou debates.
A sustentabilidade dos sistemas agrossilvopastoris e do setor vitivinícola do Alentejo, a olivicultura e o azeite e investimentos na agricultura no âmbito da Nova Política Agrícola Comum (PAC) são alguns dos diversos ‘webinars’ agendados.
De acordo com a ACOS, o último, na sexta-feira, a partir das 16:30, sobre a utilização e gestão de perímetros de rega públicos, que aborda experiências europeias, mas também o caso do Empreendimento de Fins Múltiplos do Alqueva, é encerrado pela ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes.
A música “ecoa” às 19:30 de quinta-feira, no espetáculo OviCante, que vai juntar as “novas vozes” do cante alentejano, ”jovens talentos da região que também cantam outras sonoridades, desde o jazz, ao fado e onde o improviso os levar”.
Buba e Eduardo Espinho, Luís Trigacheiro, João Maria Baião e Miguel Costa, Ana Sofia Varela, Bruno Chaveiro, Jorge Benvinda e Jorge Serafim são os artistas que participam no concerto.
Na página de Internet da feira, os internautas vão poder assistir a eventos em diretos e a apontamentos de reportagem efetuados pela TV Ovibeja, através de breves conversas com os intervenientes nas diversas iniciativas.

RRL // EA
Lusa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Mudança do estado tempo em Portugal Continental

Mudança do estado tempo em Portugal Continental …