O engenheiro civil e actual vice-presidente da Câmara de Elvas, Cláudio Carapuça, não vai integrar qualquer candidatura nas próximas eleições autárquicas.

Em declarações aos jornalistas na sede do Partido Socialista, em Elvas, o vice-presidente evocou assuntos pessoais para não continuar a integrar a equipa do partido mais votado nas últimas autárquicas.

“Apesar da honra que tive ao ser convidado para um novo desafio, declinei o mesmo devido a motivações pessoais e profissionais. A partir de Outubro regressarei à minha condição base profissional no município de Elvas, como engenheiro civil”, explicou Cláudio Carapuça na conferência de imprensa.

Cláudio Carapuça é engenheiro civil de profissão e foi presidente da Junta de Freguesia de Santa Eulália durante vários anos, antes de ser eleito vice-presidente na Câmara Municipal de Elvas pelo PS.

“É com este sentimento de dever cumprido que classifico a aproximação do término e encerramento de mais uma etapa da minha vida”, disse o actual vice-presidente do município, acrescentando que ao longo do percurso político “sempre entendi que tudo não passa de uma missão e nunca deve ser encarado como uma causa própria ou profissão”.

Cláudio Carapuça sublinhou ter sido uma decisão “difícil, mas tomada há uns meses atrás em plena consciência” depois de 25 anos consecutivos ao serviço da causa pública na qualidade de dirigente associativo ou de autarca.

O presidente da Câmara de Elvas, Nuno Mocinha, que acompanhou o vice-presidente na conferência de imprensa, agradeceu o contributo dado por Cláudio Carapuça “para o bem comum”, ficando com um sentimento de “pena” pois denotava no autarca ter qualidades para “chegar a presidente de Câmara”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Covid-19: Elvas sem alterações no boletim epidemiológico nas últimas 24 horas

O concelho de Elvas não registou, nas últimas 24 horas, novos casos de pessoas infectadas …