Dez monumentos portugueses vão iluminar-se de verde na quarta-feira, no âmbito de uma iniciativa global para celebrar o Dia de São Patrício, padroeiro da Irlanda, anunciou hoje a embaixada irlandesa em Portugal, adiantando que a iniciativa “visa gerar positividade”.
“Este ano, a Embaixada da Irlanda em Portugal associa-se ao Tourism Ireland (Turismo da Irlanda) e ao Turismo de Portugal para iluminar dez locais e monumentos, do Porto ao Algarve, como parte de um vasto leque de atividades para assinalar a data festiva”, pode ler-se em comunicado.
De acordo com a entidade, a lista dos monumentos portugueses a serem iluminados são a Estátua de Dom José I, em Lisboa (17 de março); o Cristo Rei, em Almada, Setúbal (12-17 de março); o Museu Condes de Castro Guimarães, em Cascais (12-18 de março); a Câmara de Cascais (17 de março); o Castelo de Marvão (15-17 de março); o Aeroporto Internacional de Faro (1-31 de março); o Santuário do Bom Jesus do Monte, em Braga (17 de março); a Torre dos Clérigos, no Porto (17 de março); o Castelo de Bragança (17 de março); e a Ponte Pedonal Metálica de Peso da Régua, em Vila Real (17 de março).
“Embora a atual situação de saúde pública não permita que celebremos o nosso dia nacional [o Dia de São Patrício é o Dia Nacional da Irlanda] em pessoa, a Embaixada da Irlanda em Lisboa oferece os ‘Greenings’ como um sinal de esperança e solidariedade para com os nossos amigos portugueses neste momento difícil”, realçou o embaixador da Irlanda em Portugal, Ralph Victory.
Segundo a organização, o evento Global Greenings “visa gerar positividade em todo o mundo no Dia de São Patrício, iluminando centenas de locais emblemáticos – incluindo a Torre de Pisa, a Ópera de Sidney, as Cataratas do Niágara, o London Eye, a Sky Tower da Nova Zelândia e o Palácio do Príncipe do Mónaco – na cor nacional da Irlanda”.
“Com o apoio do Tourism Ireland e do gabinete do Turismo de Portugal em Dublin, é com muita satisfação que alcançamos este ano um novo recorde, iluminando de verde diversos locais e monumentos de Norte a Sul de Portugal, até à noite de 17 de março”, observou Ralph Victory.
Para o diplomata, a embaixada continuará a “iluminar Portugal de verde”, oferecendo à diáspora irlandesa “um sentimento de ligação à Irlanda”, numa altura em que muitos irlandeses não podem regressar a casa, devido à pandemia.
A iniciativa integra-se num programa com outras atividades especiais, a decorrerem na próxima semana, como celebrações de poesia e cultura irlandesa, espetáculos musicais, conferências e festas online.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Elvas: Santa Casa honra padroeira com missa e ladainha

A Santa Casa da Misericórdia de Elvas vai realizar, no dia 13 de Dezembro, as cerimónias e…