A Câmara de Campo Maior, no distrito de Portalegre, encontra-se a preparar uma solução para o estacionamento de viaturas pesadas, ficando a mesma disponível no início de Março.

A nova zona surge depois da Infraestruturas de Portugal (IP) ter comunicado a instalação de guardas metálicas no final do passeio urbano da Estrada Nacional 373, no sentido Elvas.

De acordo com o município, na próxima semana será dado conhecimento da localização do espaço para estacionamento dos veículos pesados de transporte de mercadorias.

O município de Campo Maior, em comunicado, sublinha que após o estudo da entidade gestora da rodovia (IP), “deparámo-nos com uma actuação célere da instalação das guardas metálicas, o que da mesma forma nos levou a procurar no imediato uma solução provisória de estacionamento, que cumpra minimamente as questões de segurança associadas para todos os intervenientes, pelo respeito que nos merecem os profissionais de transporte de pesados, ainda para mais nesta fase complicada que todos vivemos”.

Recorde-se que no passado dia 29 de Janeiro realizou-se uma reunião online com a IP e cujo tema principal foi a reparação do traçado da Nacional 371 e da Nacional 373 na intersecção com a rotunda da Fonte Nova.

“Da referida reunião fomos informados que os trabalhos previstos para o mês de dezembro de 2020, foram suspensos por incapacidade do empreiteiro contratado e que ficaram reagendadas as reparações para o próximo mês de abril. Ainda na referida reunião surgiu a preocupação por parte da IP (Infraestruturas de Portugal) e do Município de Campo Maior, da necessidade de regulamentação do estacionamento de viaturas pesadas no final do passeio, quer à direita, quer à esquerda, da EN 373 (no sentido de Elvas), uma vez que o respetivo estacionamento, segundo a Infraestruturas de Portugal, ocorre sem que seja salvaguardada a segurança rodoviária para os utentes da via”, vinca a autarquia.

“Foi-nos assim comunicado que a gestora da rodovia iria proceder a um estudo tendo em vista a colocação de guardas metálicas de segurança de forma a salvaguardar a integridade de todos os que utilizam a EN 373 naquele troço. No passado dia 3 de Fevereiro, na reunião da Câmara Municipal esta informação foi transmitida para conhecimento de todos os autarcas”, explica fonte do município.

Foi ainda referido que a Autarquia campomaiorense “estava atenta ao problema do estacionamento dos veículos pesados, acautelando uma solução, ainda que provisória, uma vez que num futuro breve vai ser construída uma variante a Campo Maior”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Santa Eulália: Cavaleiro Rui Lanternas vence Raide Hípico

O cavaleiro elvense Rui Lanternas conquistou sábado, 28 de Janeiro, a XXIV edição do Raide…