O número de mortes no surto de covid-19 no Lar Recolhimento de Nossa Senhora dos Mártires, em Estremoz, subiu de oito para 11, estando três utentes hospitalizados, revelou hoje à agência Lusa fonte da instituição.
A mesma fonte indicou que os óbitos mais recentes foram de mais três utentes: uma mulher morreu no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) e um homem e uma mulher morreram no lar, desde o dia 08 deste mês.
O total de vítimas mortais atingiu, pois, os 11 idosos, mais precisamente, seis homens e cinco mulheres.
Este surto de covid-19 já infetou 74 pessoas, nomeadamente 56 do total de 60 utentes do lar, incluindo os idosos que morreram, e 18 funcionários.
Dos idosos, 45 estão ainda infetados pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, enquanto os outros quatro “estão negativos” e separados dos restantes, precisou a fonte.
No HESE, encontram-se internados três dos utentes, todos homens, e os restantes idosos permanecem no lar em “situação estável”, indicou.
Os primeiros casos na instituição foram detetados no dia 28 de janeiro, através da realização de testes rápidos feitos na instituição.
No dia 01 deste mês, de acordo com a fonte, foram testados todos os utentes e funcionários do lar, sendo que, dos 54 funcionários, 15 fizeram teste com resultado positivo para a SARS-CoV-2, tendo numa segunda testagem surgido “mais três positivos”.
“Os funcionários infetados estão em casa em situação estável”, acrescentou.
A fonte da instituição referiu ainda que uma brigada de intervenção rápida, enviada através da Segurança Social, está a dar apoio ao lar.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Covid-19

Veja também

Presidente da República inaugura 37ª Ovibeja, que decorre em versão digital

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai presidir, no dia 22 de Abril, pela…