A Biblioteca Municipal de Estremoz vai abrir ao público num novo espaço até final de Junho, após obras de requalificação desse edifício, no valor de 2,5 milhões de euros, revelou o presidente do município.

O autarca, Francisco Ramos, indicou à agência Lusa que a obra de requalificação do edifício Luís Campos, no Largo General Graça, está prevista ficar concluída em final de Fevereiro ou início de Março.

Depois, decorre a aquisição de equipamento e o processo de mudança de instalações, estando previsto que “até final do primeiro semestre” esteja “em condições de abrir ao público”, adiantou.

Francisco Ramos explicou que inicialmente este investimento totalizava 1,8 milhões de euros, tendo aumentado para 2,5 milhões devido à “necessidade de se fazerem trabalhos a mais”, para garantir a “sustentabilidade do prédio e dos prédios vizinhos”.

O valor da obra está agora fixado em 2.531.118 euros, de acordo com o autarca.

A empreitada, segundo a câmara municipal, é financiada pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR).

Esta intervenção de reabilitação urbana decorre ao abrigo do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) do concelho.

A nova “casa” da biblioteca é o edifício onde funcionou antigamente a loja e armazém Luís Campos, no centro histórico da cidade de Estremoz.

De acordo com a autarquia, a obra inclui a recuperação de toda a estrutura e fachada do edifício e a sua adaptação a Biblioteca Municipal.

Atualmente, a Biblioteca Municipal de Estremoz funciona no edifício dos Paços do Concelho, no centro da cidade.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Avis: Cerca de 400 nadadores no Open de Portugal

Cerca de 400 atletas participam, no próximo fim de semana, na albufeira do Maranhão, em Av…