O feriado municipal de Elvas foi assinalado quinta-feira, dia 14, de “uma forma diferente”, mas sem esquecer “a nossa história”.
Devido à pandemia de Covid-19, as comemorações dos 362 anos da Batalha das Linhas de Elvas limitaram-se ao hastear da Bandeira Nacional nos Paços do Concelho e à realização do Te Deum de Acção de Graças na Igreja da Sé.
“Faz hoje 362 anos dessa batalha que pertence à nossa história e que muito nos honra, a qual fez parte daquilo que hoje somos, ou seja, contribuiu para a independência de Portugal e também para a liberdade que hoje temos. Hoje são dias completamente diferentes. É uma forma diferente de lembrar essas pessoas, de lembrar a nossa história, e também de as honrar”, disse Nuno Mocinha, presidente da Câmara Municipal de Elvas.

Mais desenvolvimentos na edição impressa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Elvas: Lar da Boa-Fé em construção

A obra de construção do lar da Boa-Fé, no edifício onde já funciona o Centro de Dia Antóni…