Uma família de sete pessoas sofreu na noite de sábado uma intoxicação por monóxido de carbono e foi transportada para o serviço de urgências do Hospital de Santa Luzia, em Elvas, segundo confirmou fonte hospitalar.

O porta-voz da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), Ilídio Pinto Cardoso, explicou ao jornal Linhas de Elvas que deram entrada na urgência “um casal e cinco filhos, um deles bebé, por intoxicação por monóxido de carbono”.

“As pessoas foram estabilizadas e, como precisavam de intervenção em câmara hiperbárica, foram transferidas para o Hospital da Marinha, em Lisboa”, sublinhou a fonte.

A transferência hospitalar, segundo revelou a ULSNA, foi apoiada pelo serviço de pediatria do Hospital Dona Estefânia. Contou também com o trabalho de operacionais da SIV e dos Bombeiros Voluntários de Elvas.

O estado de saúde das vítimas “é estável”, sendo “provável” que alguns dos elementos da família “tenha alta médica ainda hoje”.

A urgência do Hospital de Santa Luzia, em Elvas, encontra-se, neste momento, “normalizada”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Badajoz: Corpo de mulher retirado das águas do Guadiana

Uma mulher, de 61 anos, foi retirada do rio Guadiana este domingo, 17 de Outubro, junto à …