A neve, que começou timidamente a cair hoje de manhã em algumas zonas do Alentejo, ‘pintou’ de branco ruas, jardins, árvores e automóveis na cidade de Estremoz, no distrito de Évora, fenómeno raro na região.
A queda de neve, que é um atrativo para crianças e adultos numa zona onde o fenómeno é pouco vulgar e já não acontecia desde 2009, levou muitas pessoas em Estremoz a fazerem fotografias e vídeos do acontecimento, conforme constatou a Lusa no local.
Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora indicou que, depois de durante a manhã se ter registado a queda de “pequenos flocos” na cidade de Évora e em todos os concelhos do distrito, a neve caiu com “maior intensidade”, ao final da manhã, em Estremoz, fenómeno atribuído às baixas temperaturas registadas na região.
Segundo a fonte do CDOS, desde 2009 que não nevava em Évora e a última vez que nevou “com acumulação”, na cidade e no distrito, foi em janeiro de 2006.
Também na cidade de Portalegre, segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro, a neve caiu esta manhã em “pequenos flocos que derretiam ao chegar ao chão”.
O CDOS de Beja indicou que só tinha informação da queda de “pequenos flocos de neve” em Serpa.
O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) mantém o continente e a Madeira em alerta amarelo devido ao frio previsto para o fim de semana, e prevê que a temperatura média da próxima semana esteja abaixo dos valores normais para a época.
A maioria dos distritos do norte, centro e interior volta a registar mínimas negativas durante o dia de hoje: o distrito da Guarda é o que apresenta as temperaturas mais baixas (-4) e o Algarve é a região com as mínimas mais altas (2º em Faro e 4º em Sagres).

Texto Agência Lusa
Foto/Crédito Jornal de Estremoz E

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Covid-19: Ordem para confinar dia 14 de Janeiro

Na quarta-feira, Governo aprova medidas que deverão seguir o modelo do confinamento de Mar…