As medidas de apoio às famílias e empresas do município de Elvas, no distrito de Portalegre, foram prorrogadas por tempo indeterminado e consoante a evolução da pandemia de covid-19 no concelho, anunciou hoje a Câmara Municipal.
Numa nota publicada na página do município na rede social Facebook é referido que a decisão servirá para “minimizar as consequências e impactos” da pandemia na economia local.
“Estas medidas podem ser alteradas a qualquer momento, dependendo da evolução epidemiológica no concelho”, segundo disse à Lusa uma fonte do município.
Entre as medidas que continuam em vigor está a isenção da taxa de Derrama, da mensalidade da Universidade Sénior e a isenção de pagamento de bancas e rendas de outros espaços no mercado municipal, assim como das taxas dos mercados e feira.
Continua também em vigor a suspensão do pagamento das rendas mensais dos espaços comerciais municipais e das rendas mensais de imóveis destinadas à habitação, propriedade também do município.
Igualmente prorrogadas foram a isenção das taxas de estacionamento de veículos em parque pago no município de Elvas, de ocupação da via pública, de licenciamento e averbamento de veículos afetos ao transporte em táxi, de esplanadas, de renovação de estabelecimentos comerciais e de restauração.
O horário de atendimento presencial no Balcão Único, de segunda a sexta-feira, será efetuado entre as 8:00 e as 13:30.
Além disso, continuam suspensas as sessões de cinema no Auditório São Mateus, a biblioteca municipal mantém-se encerrada, bem como os equipamentos desportivos, o Centro de Negócios Transfronteiriço, o Coliseu Comendador Rondão Almeida, o Museu de Arte Contemporânea de Elvas, a Casa da Cultura, o Forte da Graça, o Forte de Santa Luzia, a Casa da História Judaica e os postos de turismo da praça da República e do castelo.
Estão também suspensas todas as deslocações em autocarros municipais para fora do concelho.
De acordo com o relatório publicado hoje pela Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA), o distrito de Portalegre conta com um total de 65 mortes associadas à covid-19 desde o início da pandemia.
No documento é referido que o distrito regista 708 casos ativos, 1.641 casos recuperados e 34 pessoas internadas nas unidades hospitalares da região.
A lista de casos ativos é liderada pelo concelho de Elvas, com 160 casos. Seguem-se Nisa com 124 casos ativos, Portalegre (107), Marvão (63), Crato (58), Gavião e Castelo de Vide (32 casos cada), Ponte de Sor (27), Avis e Campo Maior (23 casos cada), Alter do Chão e Sousel (16 casos cada), Monforte (15) e Fronteira (11).
O concelho de Arronches não tem, segundo o relatório, nenhum caso ativo.
A ULSNA, que sublinha que os dados correspondem ao apuramento das últimas 24 horas e que os mesmos são correspondentes aos apurados por laboratórios públicos, indica ainda que foram feitos até hoje 39.542 testes de diagnóstico no distrito.
A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.843.631 mortos resultantes de mais de 85 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.
Em Portugal, morreram 7.186 pessoas dos 431.623 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.
A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Protesto contra encerramento da Estrada Nacional 254 corta trânsito entre Bencatel e Vila Viçosa

Um grupo de cerca de 20 pessoas com automóveis cortou hoje a Estrada Nacional (EN) 254 ent…