A Direcção de “O Elvas” Clube Alentejano de Desportos respondeu às considerações atribuídas a Jorge Jesus durante o jogo de segunda-feira à noite, entre o Benfica e o Marítimo.
Paulo Canhão, presidente dos azuis e ouro, começou por defender “um homem que, como jogador e treinador, se iniciou nesta cidade e neste clube, com elevados níveis de dedicação e profissionalismo, confirmados pelo percurso realizado até agora por Lito Vidigal”.
De seguida, o dirigente repudiou que “o actual treinador de uma instituição secular com o palmarés nacional e internacional do SL Benfica se refira a esta cidade como destino, para desacreditar um colega de profissão”.
“Elvas não gosta deste tipo de referência desvalorizadora. Os elvenses têm orgulho no seu passado e exigem ser referenciados com respeito. Além do mais, o nosso clube está satisfeito com a actual equipa técnica, por nos colocar na liderança do nosso campeonato, sem pontos perdidos, com o melhor ataque e a defesa menos batida, sempre com respeito por cada um dos nossos adversários”, referiu.
O Clube Alentejano de Desportos expressou ainda a sua “solidariedade a Lito Vidigal, em especial por não ter ripostado, de igual forma, à provocação do técnico adversário”.
Finalmente, “O Elvas” recorda a Jorge Jesus “o investimento feito esta temporada, sem correspondência com resultados e exibições, o que não o poderia deixar confortável caso algum adepto do emblema da Luz lhe apontasse o caminho de ir treinar para a Amadora”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Desporto

Veja também

Taxistas em Elvas com actividade reduzida para metade

Desde o início da pandemia, os taxistas em Elvas viram a sua actividade reduzida para prat…