A Câmara Municipal do Crato terminou a primeira fase de implementação do projecto de fardamento dos trabalhadores operacionais do município, bem como de equipamentos de protecção individual, revelou hoje a autarquia.

Segundo revelou o município, em comunicado, “este executivo considerou fundamental adequar o fardamento dos profissionais operacionais ao tipo de trabalho que executam e, pela primeira vez na história do serviço público da autarquia, foi implementada esta exigência, resultado de uma preocupação em reconhecer que estes profissionais não podem e não devem utilizar roupa comum para o trabalho. O trabalho na via pública, com máquinas ou que exija algum manuseamento de meios, implica uma proteção acrescida do trabalhador”.

Para a autarquia cratense estes “são operacionais expostos ao exterior ou com algum risco e que necessitam de proteção, de equipamento, de farda específica para o desempenho da sua função, que garantam conforto e resguardo, como é o exemplo do calçado apropriado, de fitas refletoras, de impermeáveis específicos”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Sousel: Autarquia promoveu desinfecção do centro escolar

A Câmara Municipal de Sousel procedeu, no decurso deste fim-de-semana, dias 9 e 10 de Jane…