Seis bombeiros da corporação de Évora estão infetados com o vírus da covid-19 e encontram-se em quarentena, estando o serviço a ser assegurado pelos restantes que fizeram teste com resultado negativo, disse hoje o comandante.
Em declarações à agência Lusa, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Évora, Rogério Santos, precisou que estão infetados e a cumprir quarentena quatro homens e duas mulheres que prestam serviço na corporação alentejana.
O primeiro caso, revelou o responsável, foi o de um bombeiro da corporação que se sentiu doente e com sintomas compatíveis com a covid-19, tendo realizado um teste com resultado positivo.
Posteriormente, adiantou o comandante dos Bombeiros de Évora, um outro bombeiro, que tem ligações familiares com o primeiro, também fez um teste com resultado positivo.
Rogério Santos indicou que os outros bombeiros da corporação, num total de 55 pessoas, foram testados na passada quarta-feira, tendo então sido detetados mais quatro infetados pelo vírus da covid-19.
A maioria dos bombeiros infetados está assintomática e estão todos a cumprir quarentena nas respetivas residências, sublinhou, prevendo para a próxima semana a realização de novos testes aos que tiveram resultado negativo.
“Na nossa profissão, que é de risco, é possível acontecer uma situação destas”, apesar de serem cumpridas “todas as medidas e recomendações da Direção-geral da Saúde [DGS]”, assinalou o comandante dos Bombeiros de Évora.
Segundo o responsável, a corporação alentejana está a prestar o serviço dentro da normalidade, com os elementos que tiveram resultado negativo, no teste para o coronavírus SARS-Cov-2.
Portugal contabiliza pelo menos 4.427 mortos associados à covid-19 em 294.799 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Covid-19

Veja também

Covid-19: Surto em lar de freguesia rural de Nisa com 35 infectados

Um surto de covid-19 num lar de uma freguesia rural de Nisa já infectou, pelo menos, 35 ut…