O facto de estarmos a passar por uma pandemia não é motivo para abordarmos sempre o mesmo tema, é verdade, mas o que é facto é que a vida dos estudantes neste ano letivo tem sido guiada exclusivamente por aí.

Desta vez, irei abordar um tema complicado. Assumo já a minha ignorância, falo como uma estudante normal que vê a sua vida e a dos seus conhecidos virada de cabeça para baixo. Nestes últimos dias, muito se tem falado na possibilidade de mandar os alunos para casa e adotar apenas o regime online e após ter feito uma lista de prós e contras cheguei a uma opinião.

 Primeiramente, só consegui lembrar-me do conforto e segurança que todos teremos. É claro que ficar em casa seria a opção mais segura, evitaríamos o contacto com outras pessoas e os ajuntamentos, mas será assim tão simples?

Quando passei para a coluna dos contras percebi que tinha encontrado um número bastante superior de justificações para desempatar. A minha primeira preocupação foi os alunos… se tinham um computador para conseguirem assistir às aulas ou não, se teriam de partilhá-lo com mais alguém, se a qualidade dos serviços de internet era suficiente para a sua presença ou até mesmo se existiria internet na casa de muitos estudantes como eu. Pensando no meu caso, vejo que tenho um grande privilégio, pois consigo reunir todas as condições para frequentar as aulas e tenho professores excecionais que preparam as aulas da melhor maneira para que o meu aproveitamento não seja negligenciado. Mas quando troco ideias com muitos amigos meus sei que nem sempre é assim e que depois de algumas semanas com aulas online, muitos apresentam sinais que me preocupam- sinais de depressão e ansiedade. Não podemos esquecer também os impactos económicos que teremos se mandarem os estudantes para casa e, ao juntarmos a esta receita o facto de ser bastante difícil lecionar certas matérias online, conseguimos perceber que não teremos uma boa experiência.

Sei que é um tema que gera controvérsia  por isso fiz questão de deixar esta minha opinião o mais pessoal possível. Enquanto estudante, peço que sejam aplicadas medidas a pensar nos estudantes todos e não apenas numa parte que nunca servirá de exemplo num país com tanta desigualdade social (encoberta).

» Susana Trindade é aluna da Licenciatura de Jornalismo e Comunicação no IPP. A rubrica “Linhas Académicas” tem uma periodicidade bimensal e pretende abordar assuntos relacionados com o ensino e estudantes do Instituto Politécnico de Portalegre.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Opinião

Veja também

Presidenciais: Portugal elege hoje o 20.º Presidente da República e o sexto em democracia

O próximo Presidente da República, cuja eleição decorre hoje, será o 20.º chefe de Estado …