O projecto de mobiliário, infraestruturas de telefone e electricidade da obra em curso da Escola Básica 2,3 nº 1 de Elvas, em Santa Luzia, foi aprovado na reunião da Câmara Municipal de Elvas realizada a 28 de Outubro.
Na mesma sessão foi aprovado o contrato de concepção, adaptação e exploração do Quartel de Engenharia ou de São João da Corujeira, Cerca Anexa ao Quartel do Comando Militar da Praça de Elvas e Quartel do Comando Militar da Praça de Elvas, com vista à concretização de um projecto de hotelaria e turismo.
A minuta de contrato de financiamento para a obra de reabilitação do Lagar dos Lopes a Residência de Estudantes foi aprovada, com quatro votos a favor e dois contra, num documento que segue para a Assembleia Municipal para deliberação.
Aprovado o pedido de colaboração, pela Segurança Social, para a realização de rastreios preventivos à Covid-19 aos trabalhadores dos lares e residências do concelho.
No que respeita a impostos para o próximo ano, foi aprovado por maioria (quatro votos a favor e dois contra) a manutenção da participação do Município no IRS, que recebe 5%, a Taxa de Ocupação do Subsolo e a Taxa Municipal de Direitos de Passagem mantêm os valores zero e a Derrama, do ano económico de 2020, vai ter o valor zero.
A Biblioteca Municipal de Elvas, aos sábados, entre as 10 e as 13 horas, passa a fazer atendimento presencial apenas por marcação prévia.
Atribuídos apoios ao Núcleo do Sporting Clube de Portugal de Elvas, Clube dos Diabéticos de Elvas, Associação dos Paraquedistas do Alto Alentejo e Associação de Caçadores de São Vicente e Ventosa.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Elvas

Veja também

“A saúde é um direito e não um negócio”, defende distrital do BE

A Comissão Coordenadora do Distrito de Portalegre do Bloco de Esquerda (BE) defende que “a…