Sete indivíduos foram detidos por especulação em venda de bilhetes online para o Grande Prémio (GP) de Portugal de Fórmula 1, que se realiza em Portimão, anunciou a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE).
A ASAE, através da Unidade Nacional de Informações e Investigação Criminal (UNIIC), “desencadeou uma operação de fiscalização direccionada à oferta de bilhetes online para o evento do Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1, que se realiza durante este fim-de-semana, em Portimão”, no Autódromo Internacional do Algarve.
“Como resultado das acções de fiscalização foram, até ao momento, detidos, em flagrante delito, sete indivíduos – no Porto, Vila Nova de Gaia, Aveiro, Coimbra, Lisboa e Portalegre -, por condutas subsumíveis no crime de especulação, após anunciarem a venda de bilhetes acima do seu valor facial”, lê-se no comunicado.
No âmbito desta operação, “foram apreendidos, até agora, 12 bilhetes, com valores faciais situados entre os 255 e os 585 euros”.
Na venda especulativa desses títulos, “algumas das ofertas iriam permitir ao vendedor obter um lucro próximo do dobro do valor facial do bilhete”, refere a ASAE.
“A ASAE alerta os consumidores que devem evitar a aquisição de bilhetes acima do seu valor oficial, uma vez que essa venda constitui crime de especulação (delito anti-económico), punido com pena de prisão até três anos”, conclui a entidade.

ALU // TDI
Lusa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Antigo deputado Cristóvão Crespo eleito presidente da distrital de Portalegre do PSD

O antigo deputado Cristóvão Crespo foi eleito sábado, dia 5, presidente da Comissão Políti…