A Câmara de Vila Viçosa, no distrito de Évora, decidiu adquirir mil testes de rastreio à covid-19, por existir um surto no concelho, relacionado com valências da Misericórdia local, revelou hoje o município.
Em comunicado enviado à agência Lusa, a autarquia indicou que a aquisição destes testes, se destina a testar, “gratuitamente” os trabalhadores da autarquia e a população do concelho.
O município explicou que continua “a acompanhar de perto a evolução da situação epidemiológica” no concelho, tendo disponibilizado meios humanos e materiais, em parceria com outras entidades, para dotar o antigo Centro de Saúde com equipamentos e condições de acolhimento à população, no âmbito do combate à pandemia.
Segundo fonte hospitalar, o número de idosos infetados com covid-19 internados no hospital de Évora relacionados com o surto em valências da Santa Casa da Misericórdia de Vila Viçosa (Évora) subiu de cinco para seis.
A fonte do Hospital do Espírito Santo de Évora indicou hoje à agência Lusa que, na terça-feira à noite, foi internado mais um homem naquela unidade hospitalar relacionado com este surto.
Segundo a mesma fonte, estão internados no hospital de Évora, em “enfermaria covid”, ligados ao surto de Vila Viçosa, quatro mulheres e dois homens, com idades entre os 86 e os 90 anos.
O executivo municipal, que reuniu hoje, extraordinariamente, para analisar a situação epidemiológica no concelho, avaliou os horários de funcionamento dos estabelecimentos de comércio, serviços e restauração, que após parecer a emitir pela Autoridade de Saúde e pela GNR, poderão ser objeto de alteração, designadamente os horários de encerramento.
Segundo o município, reuniu na terça-feira a Comissão Municipal de Proteção Civil que procedeu à validação do espaço de acolhimento municipal covid -19, criado no antigo Centro de Saúde de Vila Viçosa, onde “estão criadas as condições para se efetuar o alojamento de doentes”, procurando “isolar os casos positivos e mitigar os efeitos desta crise sanitária”.
No comunicado, a autarquia acrescentou que “se mantém a preocupação da Câmara Municipal relativamente à evolução da situação atual”, registando-se, tendo em conta a mais recente informação prestada ao município, através da Saúde Pública, 62 casos de covid-19, no concelho, dos quais três estão recuperados, havendo 59 casos ativos.
A autarquia não indicou quais são os casos referentes ao surto.
Contactada hoje pela Lusa, a Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo indicou que, de acordo com a atualização de dados de hoje de manhã, da Autoridade de Saúde Pública, há um total de 53 pessoas infetadas com covid-19 referentes a este surto.
Desde total, segundo a ARS do Alentejo, estão incluídos 29 utentes de unidades da Santa Casa da Misericórdia de Vila Viçosa, nove funcionários da instituição e 15 pessoas da comunidade.
Segundo o provedor da Santa Casa da Misericórdia, Jorge Rosa, a primeira pessoa que testou positivo à doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 foi uma funcionária do Centro de Dia de Bencatel, que, após confirmação, deu origem aos testes realizados no dia 14 deste mês.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Covid-19

Veja também

IP2 cortado junto a Alpalhão devido a colisão com cinco veículos

O Itinerário Principal 2 (IP2) está cortado nos dois sentidos perto de Alpalhão, Portalegr…