A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) informou hoje que subiu para 107 o número de resultados positivos à covid-19 entre utentes e funcionários do lar de idosos Mansão de São José, em Beja.
Numa nota publicada na página da ULSBA na Internet, é mencionado que sete dos infetados estão internados no hospital de Beja, nomeadamente seis em enfermaria e um na Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente, sendo todos eles utentes do lar.
Na mesma nota é explicado que, dos 107 infetados por este surto – no sábado eram 106 -, 87 são utentes da instituição e os restantes 20 são funcionários.
A ULSBA indica ainda que resultaram negativos os testes efetuados a dois utentes e 17 negativos a funcionários.
No sábado, foram transferidos para a Base Aérea Nº 11 (BA11), nos arredores da cidade, 53 utentes do lar Mansão São José, disse hoje à agência Lusa o presidente da Câmara de Beja, Paulo Arsénio.
A mesma fonte indicou que inicialmente estava prevista a transferência de 59 utentes deste lar, que apenas acolhe utentes do sexo feminino.
“Das 53 pessoas que foram transferidas para a base aérea incluímos duas que efetuaram o teste e resultaram negativo”, disse.
O primeiro caso de covid-19 detetado neste lar foi o de uma mulher de 89 anos, que “deu entrada na segunda-feira no Serviço de Urgência” do hospital de Beja, “fez um teste positivo” para o coronavírus SARS-CoV-2 e foi internada, disse esta semana à Lusa fonte da ULSBA.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Covid-19

Veja também

Mau tempo: Chuva provoca encerramento do Núcleo Museológico de Avis

O mau tempo provocou hoje o encerramento do Núcleo Museológico de Avis, devendo o espaço p…