O Hospital Universitario de Badajoz realizou o primeiro transplante hepático “split” na Extremadura, em Espanha, neste que é um procedimento cirúrgico que divide o fígado do doador em dois para o colocar em dois receptores.

O benefício desta técnica é a redução do tempo de espera que os pacientes necessitam para o transplante, diminuindo também outros perigos associados a estes doentes de risco.

Os receptores deste primeiro transplante foram uma mulher adulta, e que foi transplantada no Hospital Universitario de Badajoz, e uma criança transplantada no Hospital Universitario La Paz, em Madrid.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Região

Veja também

Covid-19: Rede Expressos suprime actividade de transporte entre sexta-feira e 3 de Novembro

A Rede Expressos anunciou a supressão de toda a actividade de transporte de passageiros en…