Um homem de 61 anos foi detido pela GNR por suspeitas de violência doméstica contra a ex-companheira, em Montemor-o-Novo, e ficou em prisão preventiva depois de ser presente ao Tribunal de Évora, foi hoje revelado.
Em comunicado, o Comando Territorial de Évora da GNR explicou que o homem foi detido na sexta-feira, em Montemor-o-Novo, por elementos do Posto Territorial da Guarda daquele concelho alentejano.
Os militares da GNR deram cumprimento a um mandado de detenção no âmbito de “uma investigação por violência doméstica desenvolvida pelo Núcleo de Investigação e de Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE) de Évora”, a qual permitiu apurar que “o suspeito exercia violência física e psicológica sobre a sua ex-companheira, uma mulher de 49 anos”.
O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Évora, no sábado, que lhe aplicou a medida de coação de prisão preventiva, tendo sido conduzido ao Estabelecimento Prisional de Lisboa.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Covid-19: Esquadra de Estremoz da PSP fecha após caso positivo

A Esquadra de Estremoz da PSP fechou as portas temporariamente para a desinfecção dos espa…