O Município de Avis volta a dedicar o mês de Outubro à população sénior.
A iniciativa anual “Mês do Idoso”, que comemora o Dia Internacional da Pessoa Idosa (1 de Outubro), irá decorrer ao longo de todo o mês com uma programação virtual repleta de actividades que têm como objectivo promover o envelhecimento activo, como forma de combater o isolamento e a exclusão social, contribuindo para uma melhor qualidade de vida.
“Neste momento difícil em que nos encontramos, sem recurso a acções presenciais, torna-se importante manter a interacção com este grupo de munícipes com idade mais avançada, amparando-o emocionalmente. É desta forma que o Município de Avis irá fazer a aproximação remota a este grupo, seja através das suas páginas de Instagram e Facebook, ou pela página de Facebook do Animasénior”, refere a Autarquia.
A recolha de poemas de “Tradição Oral – Sentimentos da Vida”, efectuada junto dos participantes do Programa Municipal Animasénior, marcou o início das actividades, no dia 1.
No dia 6 terá lugar uma “Actividade Física Sénior”, orientada pelos técnicos de desporto do Município de Avis.
O dia 8 será dinamizado com a iniciativa “Avis Memórias de Um Povo – Trabalhos Agrícolas”, levada a cabo pelo Museu do Campo Alentejano (MusCA).
E no dia 10 será a vez da Biblioteca Municipal “José Saramago” promover uma sessão de Hora do Conto.
O “Sentido das Vivências III”, realizado pelo Centro Interpretativo da Ordem de Avis, irá para “o ar” no dia 15.
A 20 de Outubro, o “Mês do Idoso” irá abordar a temática da “Importância do Envelhecimento Activo”.
E, a 22, irá “Ao Encontro da Arqueologia em Avis”, numa actividade desenvolvida pelo Centro de Arqueologia.
Para o dia 27 está marcado um “Momento Musical”, protagonizado pela Escola de Música do Município de Avis. A 29, o encerramento do evento far-se-á com a apresentação de “Ilustrações – Eu e o Idoso”, produzidas pelas Ludotecas Municipais.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Castelo de Vide: Falta de médicos preocupa PCP

A Comissão Concelhia de Castelo de Vide do PCP foi confrontada, recentemente, por diversos…