A Direcção da Associação de Beneficiários Amigos da Terrugem (ABAT) esclareceu, em comunicado, que o encerramento da creche da instituição se deveu a prejuízos acumulados “de mais de 42 mil euros”.
“A Direcção verificou as contas da valência creche (que no ano de 2019 teve um prejuízo de cerca de 16000 euros e até Setembro de 2020 é previsto um prejuízo de 26000 euros, o que totalizando este espaço de tempo já existe na ABAT um prejuízo de mais de 42000 euros só na creche) e foi decidido, por unanimidade dos membros presentes, o encerramento desta valência”, pode ler-se no documento.
A instituição refere ainda que “se continuasse a creche com estes encargos (que são os mínimos), colocaria em causa, a curto prazo, o encerramento da ABAT, o despedimento de 40 funcionários e 85 idosos deslocados para outras instituições de solidariedade social”.
Ainda em relação ao encerramento da creche, a ABAT lamentou o aparecimento de “um movimento de pais e de potenciais pais que têm utilizado os mais diversos meios, muitos deles questionáveis, no sentido de voltar atrás com esta decisão”.

Mais desenvolvimentos na edição impressa

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Nuno Barraco
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Covid-19: Elvas com mais cinco pessoas recuperadas

Nas últimas 24 horas, o concelho de Elvas não registou novos casos de pessoas infectadas c…