Autarquia recebeu equipa do Contrato Local de Desenvolvimento Social de 4ª Geração de Arronches no Salão Nobre da Câmara Municipal.

A Câmara Municipal recebeu na tarde desta quarta-feira, dia 30 de Setembro, a equipa do Contrato Local de Desenvolvimento Social de 4ª Geração de Arronches, com o nome de ‘Coração Mágico’, liderada por Maria João Valentim, que apresentou o projeto ao executivo camarário, representado pela presidente Fermelinda Carvalho, pelo vice-presidente João Crespo e pelo vereador Paulo Furtado, bem como à diretora do Centro Distrital de Portalegre da Segurança Social, Sandra Cardoso.

A presidente da autarquia deu as boas-vindas a todos os presentes, começando por referir que este projeto “é uma importante mais-valia para o concelho e que por essa razão o Município, sempre disponível para prestar apoio na área de ação social, não podia deixar de aceitar o convite do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social para a sua implementação em Arronches”.

Para a entrada em funcionamento desta nova resposta, a autarquia cooperou com a Associação Casa Juvenil Nossa Senhora da Assunção, instituição que, à semelhança de todas das instituições particulares de solidariedade social do concelho que têm desenvolvido “um trabalho extraordinário”, mereceu o elogio de Fermelinda Carvalho pela forma como tem abordados os vários desafios que têm aparecido pela frente.

A edil deixou uma palavra de apreço para “a competente equipa técnica deste projeto, que tem realizado e que certamente continuará a realizar um trabalho produtivo em prol da população”.

A directora do Centro Distrital de Portalegre da Segurança Social mostrou-se satisfeita por estar em Arronches e assim perceber presencialmente o funcionamento do projecto, realçando a importância de trabalhar em prol dos grupos mais vulneráveis, promovendo respostas adequadas no combate à pobreza, à exclusão social, à discriminação, entre outros.

Sandra Cardoso destacou esta promoção de inclusão social, referindo a importância de mudar a vida da população mais carenciada, como por exemplo desempregados e idosos, através de um contacto mais próximo com os habitantes de todo o concelho. Na sua intervenção, foi também
salientada a nobre missão desempenhada pela associação responsável pelo projeto, que assim alarga o seu campo de atuação, endereçando votos de felicidade para toda a equipa, porque o sucesso do CLDS será o sucesso de quem mais precisa.

De seguida, teve lugar a apresentação efetuada pela diretora da associação responsável pela iniciativa. Maria João Valentim começou por agradecer o contributo do Município e do Centro Distrital da Segurança Social pela forma como têm colaborado com a instituição a que preside, em concreto na criação deste CLDS-4G de Arronches, “um projecto de grande importância para o concelho pelos objetivos a que se propõe e que são: aumentar os níveis de coesão social do concelho dinamizando a alteração da sua situação socio territorial; concentrar a intervenção nos grupos populacionais que no território evidenciam fragilidades mais significativas, promovendo a mudança na situação das pessoas tendo em conta os seus fatores de vulnerabilidade; potenciar a congregação de esforços entre o setor público e o privado na promoção e execução dos projetos através da mobilização de atores locais com diferentes proveniências e fortalecer a ligação entre as intervenções a desenvolver e os diferentes instrumentos de planeamento existentes de dimensão municipal”.

A presidente da Associação Casa Juvenil Nossa Senhora da Assunção explicou depois as acções que o projecto já tem desenvolvido e ainda aquilo que está planeado, parte integrante dos três eixos de intervenção nos quais irá atuar: Emprego, formação e qualificação; Intervenção familiar e parental, preventiva da pobreza infantil e Promoção do envelhecimento ativo e apoio à população idosa.

No final, a assistência desta apresentação, na qual se encontrava a técnica de acção social do Município, Maria João Fernandes, bem como toda a equipa técnica do CLDS-4G, foi convidada a conhecer as instalações desta entidade, terminando assim esta apresentação.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Elvas: Chuva provocou danos avultados na Academia de Música e edifícios nas imediações

A chuva que se fez sentir durante o dia de ontem e na última madrugada provocaram estragos…