A cidade de Badajoz, em Espanha, iniciou, esta semana, um conjunto de novas medidas para conter a propagação de novos contágios do coronavírus covid-19.

Com menos gente na rua e mais limitações em espaços fechados, os empresários do comércio, hotelaria e restauração estão apreensivos com o sentimento de incerteza que paira sobre o tecido económico nos próximos meses.

Os responsáveis por lojas e espaços comerciais temem o fecho de vários estabelecimentos e os empresários da restauração e hotelaria estudam encerramentos durante vários dias.

Desde ontem que em Badajoz os ajuntamentos não podem ultrapassar um número máximo de 10 pessoas, os comércios baixaram a sua lotação em cerca de 40% – o mesmo se aplica aos mercados – e as zonas comuns dos centros comerciais para 30%. Além disso, os cidadãos não podem usar zonas recreativas, infantis ou de descanso.

Estas medidas vigoram durante 14 dias.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Pedro Trindade Sena
Carregar mais artigos em Destaque Principal

Veja também

Elvas: Chuva provocou danos avultados na Academia de Música e edifícios nas imediações

A chuva que se fez sentir durante o dia de ontem e na última madrugada provocaram estragos…