Cinco militares do Comando Territorial de Évora da GNR testaram positivo para a covid-19 e outros 11 que contactaram com os infetados realizam hoje o teste, disse à agência Lusa fonte da força de segurança.
O primeiro caso positivo de covid-19 no Comando Territorial de Évora foi detetado na sexta-feira, indicou o porta-voz da GNR, Hélder Barros, numa resposta por correio eletrónico a questões colocadas pela Lusa.
Segundo o oficial da Guarda, trata-se de um militar do Destacamento de Intervenção do Comando Territorial de Évora, que se encontra, desde sexta-feira, a “cumprir o confinamento obrigatório”.
Posteriormente, na segunda-feira, foram testados pelo Centro Clínico da GNR 15 militares, dos quais três testaram positivo, adiantou, referindo que um outro, que efetuou teste no Serviço Nacional de Saúde, também teve resultado positivo.
Até hoje de manhã, sublinhou o porta-voz, existe “um total de cinco militares infetados, todos eles em isolamento”, no Comando Territorial de Évora.
“Face à identificação de novos contactos com os militares entretanto infetados, serão hoje testados pelo Centro Clínico da GNR mais 11 militares, oito dos quais se encontram já em quarentena, por serem considerados contactos relevantes”, notou.
Portugal contabiliza pelo menos 1.878 mortos associados à covid-19 em 65.626 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Covid-19

Veja também

Covid-19: Rede Expressos suprime actividade de transporte entre sexta-feira e 3 de Novembro

A Rede Expressos anunciou a supressão de toda a actividade de transporte de passageiros en…