A Guarda Nacional Republicana (GNR), no período de 14 a 25 de Setembro, realiza um conjunto de acções de sensibilização dirigidas aos diversos intervenientes no ambiente escolar, desde professores, alunos e encarregados de educação, em todos os estabelecimentos escolares na sua área de responsabilidade, com o objectivo de transmitir conselhos de segurança e restringir acções, atitudes e comportamentos de risco potenciadores da propagação da pandemia COVID-19, em todo o território nacional.

Neste período, as Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário (SPC) e os militares dos Postos Territoriais irão promover ações de sensibilização no âmbito da segurança na rua, em casa e ainda segurança rodoviária, uma vez que o fluxo de trânsito aumenta devido ao transporte dos alunos para a escola, sendo importante alertar os condutores para a utilização dos cintos de segurança e dos sistemas de retenção para crianças. Irão também ser realizadas ações de patrulhamento orientado para o cumprimento das normas destinadas a prevenir a propagação da COVID-19.

A GNR, para além da transmissão de conselhos de segurança aos encarregados de educação, irá ainda divulgar o Programa Escola Segura e dar a conhecer os militares responsáveis pelo programa na respetiva escola, com a distribuição do número de contacto das SPC, contribuindo desse modo para uma maior consciencialização dos encarregados de educação para a importância da segurança escolar dos jovens alunos e para uma melhor preparação das crianças e jovens, para os desafios que irão encontrar no regresso às aulas, aumentando o sentimento de segurança da comunidade escolar.

A GNR tem à sua responsabilidade cerca de 5 mil estabelecimentos de ensino, onde os militares irão promover estas acções e transmitir alguns conselhos de segurança

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Antigo autarca de Vila Viçosa eleito pelo PS declara apoio ao Chega

O antigo autarca de Vila Viçosa Luís Caldeirinha Roma, eleito como independente pelo PS, d…