Mais de 40 utentes e funcionários de um lar ilegal, situado perto de Évora, foram hoje testados para a covid-19, depois de ter sido detetado um caso positivo, disseram fontes do município e dos serviços de saúde.
O presidente da Câmara de Évora, Carlos Pinto de Sá, indicou à agência Lusa que um idoso do lar foi transportado para o hospital da cidade na quinta-feira, tendo feito o teste para a covid-19, que deu resultado positivo.
Segundo o autarca, os restantes utentes e os funcionários do lar realizaram esta tarde os testes, cujos resultados só deverão ser conhecidos no sábado.
Pinto de Sá adiantou que o lar está ilegal porque se localiza numa zona da cidade cujo plano de urbanização não permite a instalação de lares, assinalando que a proprietária “está a procurar legalizar” a instituição.
Contactada pela Lusa, fonte dos serviços de saúde precisou que o lar tem “cerca de 25 utentes e 18 funcionários”, adiantando que o até agora único caso confirmado de covid-19 está internado no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE).
A fonte realçou que, como se trata de um lar ilegal, “a forma de atuar das autoridades vai levar à transferência dos utentes”, o que deverá acontecer quando forem conhecidos os resultados dos testes.
“Os utentes serão transferidos para um espaço de retaguarda definido pela Câmara de Évora em articularão com a Autoridade de Saúde Pública, Segurança Social e Proteção Civil”, sublinhou.
O presidente da Câmara de Évora frisou que “vários equipamentos” na cidade estão prontos para “receber doentes covid-19 e não covid-19” e que as autoridades estão a tentar encontrar “o local mais adequado para os idosos”.
“Temos três ou quatro hipóteses possíveis, mas a Saúde Pública terá de avaliar para avançarmos”, acrescentou.
De acordo com a fonte dos serviços de saúde, alguns idosos do lar apresentam “sintomas muito pouco evidentes, como tosse e nariz entupido”, pelo que, nas próximas horas, “poderá haver algumas idas de utentes com sintomatologia ao HESE”.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Covid-19

Veja também

Encontrada com vida mulher desaparecida na sexta-feira em Ponte de Sor

A mulher de 75 anos que estava desaparecida desde sexta-feira à tarde no concelho de Ponte…