Os utentes e funcionários do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Veiros, no concelho de Estremoz, testaram negativo à covid-19, após a provedora e o marido ficarem infectados, disse hoje o presidente do município, Francisco Ramos.
A Câmara de Estremoz anunciou na segunda-feira, em comunicado, a existência dos dois primeiros casos de covid-19 no concelho, ligados ao lar da Misericórdia de Veiros, pelo que foram testados utentes e funcionários.
O autarca indicou à agência Lusa que entre 10 e 12 pessoas de Veiros que contactaram com o casal estão hoje a ser testados, devendo o resultado ser conhecido na quarta-feira.
Francisco Ramos esclareceu que, além do casal infetado, que “está isolado em casa” em quarentena, “há um terceiro caso” no concelho.
Trata-se de um homem residente na freguesia da Glória, que veio de Moçambique, segundo informação que chegou hoje à câmara municipal através do delegado de Saúde de Estremoz.
De acordo com o autarca, o homem proveniente de Moçambique reside no Vale de Infante, na serra d´Ossa, “tem toda a família em quarentena” e “não foi testado, nem em Moçambique, nem na chegada a Portugal, tendo realizado o teste em Évora”.
Contactada pela Lusa, fonte do Lar da Misericórdia de Veiros tinha já confirmado os dois casos e explicou que a instituição tem 36 utentes e cerca de 30 funcionários.
No domingo, segundo o autarca, quatro funcionários do lar que “tinham tido contacto mais próximo com a provedora na passada terça-feira, último dia em que a senhora tinha estado na instituição, foram testados”, tendo os resultados chegado na segunda-feira, “todos negativos”.
“Os restantes funcionários e também os utentes do lar” efetuaram na segunda-feira os testes na instituição, tendo hoje sido conhecidos os resultados, também negativos, acrescentou.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Covid-19

Veja também

Moedas de um e dois cêntimos com fim à vista? Comissão Europeia avalia

A Comissão Europeia lançou uma consulta pública para avaliar o impacto sobre a utilização …