A vida passa e as memórias permanecem, mas e se não fossem apenas as memórias a perdurarem? E se o dinheiro que gastou na compra daquele pacote de férias nas ilhas gregas, num novo smartphone ou na subscrição de um serviço de streaming regressasse ao seu bolso? O seu orçamento familiar, por certo, agradeceria.

Tal já é possível, não na totalidade, mas uma parte generosa do que gastou nas suas compras pode regressar ao conforto do seu bolso. Como, perguntar-se-á. A resposta está nos cartões de crédito com cashback.

O que é o Cashback?

O cashback, ou “devolução”, em português, é uma das vantagens que o cartão de crédito lhe oferece. Alguns cartões de crédito possuem cashback e se fizer compras com um deles pode vir a receber uma percentagem da compra no mês seguinte. Basicamente, o cashback significa que uma porção do dinheiro gasto entra na conta bancária do comprador. O valor devolvido depende sempre de uma percentagem pré-estabelecida pelo banco ou pela instituição financeira que emitiu o cartão. Esta percentagem varia normalmente entre 1% e 3%.

É importante salientar que quanto mais gastar, mais dinheiro irá receber em cashback. Porém, antes de iniciar uma compra deve pensar bem se está a tomar o passo correto. É preferível utilizar este tipo de cartão de crédito em compras de valor elevado de forma a maximizar o valor devolvido no mês seguinte. Além disso, deve sempre confirmar a anuidade do cartão e comparar a taxa de juro referente ao cartão que pretende com outros cartões com cashback.

Por exemplo, se fizer compras mensais no valor de 250 euros com o cartão de crédito, com uma taxa de cashback de 1%, obtém um retorno de 30 euros, já que: 250 euros x 12 meses x 0,01 = 30 euros.

Com muitos portugueses a optarem por contratualizarem cartões de crédito para financiarem as suas férias, evitando, deste modo, tocarem no seu orçamento familiar, e muitos outros a utilizá-los para a subscrição online de serviços de streaming como o Spotify ou a Netflix, dar uma folga ao seu orçamento familiar através da escolha de cartões com cashback é uma boa solução de poupança.

Apostado em adaptar-se a um novo perfil de consumidor que faz do digital o seu “shopping center” (as lojas online privilegiam o pagamento com o cartão de crédito), o Unibanco tem vindo, há longos anos, a aumentar e diversificar a sua oferta de soluções online. O último passo nesta direção foi dado recentemente com a campanha “Eu conto com o Unibanco no meu dia-a-dia” que permite ao cliente, entre outras coisas, aderir a cartões de crédito sem anuidade de forma totalmente online e com oferta de cashback de forma totalmente online.

Pensada para fazer face às exigências do presente momento, esta campanha oferece aos clientes da instituição a possibilidade de contratualizarem um dos cartões de crédito Unibanco com cashback através do seu website ou da sua app Unibanco de Homebanking, dispensando a necessidade de recorrer ao papel e de se deslocar a um balcão físico.

No campo do cashback e em termos concretos, falamos para valores de cashback que podem oscilar entre os 20 euros mensais para um montante de compras ou adiantamento de numerário a crédito igual a superior a 500 euros e os 5 euros mensais para um valor entre 100 e 299 euros em compras e adiantamentos. Para além de todas estas valências, e porque a segurança é importante, estes cartões com Cashback, além de cumprirem com a totalidade dos requisitos das novas definições de segurança, dão-lhe uma garantia adicional através dos serviços 3D Secure, MB net (cartões virtuais que podem ser associados ao seu cartão) e alertas de segurança sempre que for ultrapassado o limite máximo por transação definido pelo cliente.

Para além de poderem ser contratualizados digitalmente, da oferta de cashback (o cliente receber até 200€ de volta nas compras realizadas durante os primeiros 12 meses) e da ausência de anuidades, estes cartões vêm com tecnologia contactless integrada (ideal para compras presenciais seguras e higiénicas), dão a possibilidade de usufruir de 20 a 50 dias de crédito sem juros, fracionamento dos pagamentos em 3 vezes sem juros, descontos em bens e serviços (moda, eletrodomésticos, combustíveis, etc.) e pontos que valem prémios.

Como vimos, o tempo pode não voltar atrás para até às memórias de umas férias felizes ou até ao momento em que compramos um novo telemóvel, mas com o cashback a sua carteira pode entrar na máquina do tempo e fazê-lo poupar dinheiro.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Ana Maria Santos
Carregar mais artigos em Empresas

Veja também

Federação Nacional das Caixas de Crédito Agrícola Mútuo elege novos órgãos sociais

A Federação Nacional das Caixas de Crédito Agrícola Mútuo (FENACAM) elegeu os seus novos ó…