Um homem de 55 anos foi detido pela GNR, na quarta-feira, por violência doméstica, no concelho de Estremoz, no distrito de Évora, ficando sujeito a pulseira electrónica, informou hoje a força de segurança.Em comunicado, o Comando Territorial de Évora da GNR refere que os militares apuraram que a vítima, uma mulher de 52 anos, “sofria agressões físicas há mais de 30 anos, nunca denunciando tal comportamento por receio das consequências”.O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Estremoz, onde ficou sujeito às medidas de coação de afastamento da vítima por 250 metros e proibição de contactos por qualquer forma ou meio, vigiado por pulseira electrónica.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Região

Veja também

Uso da água do Alqueva está “muito longe de ser sustentável”

A associação ambientalista ZERO alertou hoje que “o uso da água do Alqueva está muit…