Um homem de 33 anos foi detido, sexta-feira, pela prática de dois crimes de violência doméstica na localidade de Vale de Seda, no concelho de Fronteira.
A detenção ocorreu ao abrigo de mandados de detenção fora de flagrante delito emitidos pelo Ministério Público de Fronteira, tendo o indivíduo ficado em prisão preventiva, por perigo de continuação de actividade criminosa, depois de um primeiro interrogatório em que o arguido foi indiciado pela prática de dois crimes de violência doméstica na pessoa da avó e tio.
Segundo os fortes indícios recolhidos, o arguido, de 33 anos de idade, no corrente mês, na sequência de uma discussão familiar muniu-se de um cajado e desferiu um número não apurado de cajadadas na avó, de 95 anos de idade e, de seguida, desferiu murros e socos no tio, de 55 anos, que padece de anomalia psíquica, causando a sua queda, o que ocorreu em Vale de Seda, Fronteira, na residência que partilhava com aqueles.
O processo não se encontra em segredo de justiça e a investigação prossegue sob a direcção do Ministério Público do Juízo Local de Fronteira.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Região

Veja também

Portugal regista mais 15 mortos e 1.876 infectados. Alentejo com 29 novos casos e duas mortes

Portugal contabiliza hoje mais 15 mortos relacionados com a covid-19 e 1.876 casos confirm…