A Câmara de Borba vai criar uma casa social de acolhimento temporário após a reabilitação de um edifício devoluto, situado no centro da cidade, cujas obras estão a decorrer.Segundo o município alentejano, o equipamento, de utilização coletiva, servirá de apoio às famílias com necessidades de realojamento por períodos não superiores a quatro meses.Esta intervenção enquadra-se nos Planos de Ação Integrados para as Comunidades Desfavorecidas (PAICD) e tem o objetivo de promover a inclusão social em territórios desfavorecidos, através de ações de regeneração física, económica e social.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Região

Veja também

Polícia Judiciária detém suspeito de pornografia de menores em Évora

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou a detenção, em flagrante delito, de um homem de 56 anos…