A empresa proprietária do Casino Extremadura, em Badajoz, pondera despedir 31 trabalhadores. A empresa do Grupo Orenes propõe despedir devido a uma “mudança no modelo organizacional”, afirma o diário Hoy na sua página on-line. As negociações já começaram e continuarão nos próximos dias. Ontem mesmo o comité de trabalhadores, afecto à UGT, recebeu documentação e solicitou mais informações. O complexo possui três áreas: o hotel (o único hotel cinco estrelas da cidade), o bingo e o casino. É este último que gera demissões. Tem cem funcionários, portanto o despedimento atinge um terço dos empregados.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Extremadura

Veja também

Portugal regista mais seis mortos e 688 infectados. Alentejo com cinco novos casos e uma morte

Portugal contabiliza hoje mais seis mortos relacionados com a covid-19 e 688 novos casos d…