“1º Pediu hoje com carácter de urgência ao Senhor Presidente da República Prof. Marcelo Rebelo de Sousa uma audiência para aferir a sua sensibilidade e pedir o seu apoio na suspensão imediata deste Despacho socialmente corrosiva e atentatória para o bem estar das crianças e seus pais;
2º Está a preparar uma Providência Cautelar a interpôr urgentemente com a finalidade de travar o referido Despacho;
3º Saudamos ainda o PSD e o CDS por finalmente ao fim de um ano, terem acedido à voz da razão, juntando-se ao CHEGA na firme oposição a esta perigosa Lei, deixando desde já um convite a estas duas forças político-partidárias para se agregarem a nós na Acção Judicial que agora preparamos.
Estamos certos do caminho a trilhar para repor a verdade, a ordem e a decência devolvendo aos pais a educação dos seus filhos e conferindo às escolas a estrita tarefa de ensinar”, remata o texto enviado ao Linhas de Elvas pelo seu director de Comunicação Relações Públicas e Protocolo, Ricardo Regalla.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Política

Veja também

Moedas de um e dois cêntimos com fim à vista? Comissão Europeia avalia

A Comissão Europeia lançou uma consulta pública para avaliar o impacto sobre a utilização …