Parece uma história retirada de um livro de insólitos, mas desde domingo que no aeródromo de Évora um helicóptero de combate a incêndios, ali estacionado, está inoperacional por culpa de uma paraquedista.
Os danos na estrutura do aparelho que impedem a actividade normal da aeronave foram causados pela queda, literalmente, de uma paraquedista em cima do helicóptero. O infortúnio ocorreu no domingo à tarde quando uma praticante de paraquedismo “aterrou” em cima do helicóptero estacionado no aeródromo e sofreu ferimentos graves, tendo sido transportada para as urgências hospitalares.
O aparelho será reparado nos próximos dias, mas ainda não é certa a data em que o helicóptero poderá voltar a descolar.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Região

Veja também

Lares confinados em Castelo de Vide após duas funcionárias testarem positivo

Dois lares de idosos em Castelo de Vide estão confinados, após duas funcionarias terem tes…