São perto de 700 mil euros que a Confederação Hidrográfica do Guadiana formalizou em contrato para controlar o avanço da planta invasora jacinto-de-água no trecho do Rio Guadiana entre Mérida, Espanha, e a fronteira com Portugal.
O projecto é financiado por fundos da União Europeia e os trabalhos foram adjudicados a uma empresa com sede em Valladolid.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Extremadura

Veja também

Encontrada com vida mulher desaparecida na sexta-feira em Ponte de Sor

A mulher de 75 anos que estava desaparecida desde sexta-feira à tarde no concelho de Ponte…