A Unidade de Acção Fiscal através do Destacamento de Acção Fiscal de Évora realizou uma operação de investigação criminal nos distritos de Lisboa, Setúbal, Santarém, Évora e Beja, no dia 24 de Julho.
No âmbito da operação foram detidas quatro pessoas, com idades compreendidas entre os 33 e os 52 anos, de várias nacionalidades.
A operação tinha objectivo de proceder ao desmantelamento de uma célula de ligação internacional, levando à detenção dos suspeitos responsáveis pela sua operacionalização. Para o efeito, foi dado cumprimento a 15 mandados de busca, doze domiciliárias e três não domiciliárias, destacando-se a apreensão de mais de 28 mil cigarros.
No decurso da investigação tinham já sido apreendidas 12 toneladas de tabaco de corte fino, o suficiente para produção de mais de 12 milhões de cigarros, estimando-se evasão ao imposto especial sobre o consumo de tabaco e IVA , em cerca de 2,5 milhões de euros.
Aos arguidos detidos, foram-lhe aplicadas, como medidas de coação, apresentações periódicas obrigatórias. Foram ainda constituídos arguidos outros dois indivíduos, assim como três pessoas colectivas.
A operação envolveu cerca de 60 militares da Unidade de Ação Fiscal, contando com o reforço da Unidade de Intervenção e dos Comandos Territoriais de Beja e Évora, assim como da Polícia de Segurança Pública.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Região

Veja também

Encontrada com vida mulher desaparecida na sexta-feira em Ponte de Sor

A mulher de 75 anos que estava desaparecida desde sexta-feira à tarde no concelho de Ponte…