A Aparsin foi uma das 30 entidades nacionais seleccionadas para integrar um estudo científico sobre terapia de reminiscência em idosos com perturbação neurocognitiva (demências). 
Um estudo intenso e inovador que envolverá na totalidade o estudo de 500 pessoas no nosso País, permitindo avaliar e validar de forma minuciosa o impacto que a terapia de reminiscência promove melhoria, ganhos, bem-estar e a qualidade de vida em doentes com demências.
Encontram-se envolvidas vários terapeutas e investigadores nacionais, representando instituições e distritos. A Aparsin será desta forma uma entidade que representará o Distrito de Portalegre e a região do Alentejo (existindo apenas 3 instituições da região).
O estudo é promovido pela Replicar Socialform, com apoio técnico/científico da Alzheimer Portugal e CRE Alzheimer e outras Demências  e Universidade de Salamanca. Da mesma forma faz parte uma comissão de ética representada pela Unidade Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem (UICISA:E) da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Região

Veja também

Lares confinados em Castelo de Vide após duas funcionárias testarem positivo

Dois lares de idosos em Castelo de Vide estão confinados, após duas funcionarias terem tes…