A Câmara Municipal de Elvas homenageou sábado, dia 31 de Outubro, o maestro António Victorino D’Almeida, com a atribuição do seu nome a uma rua, na Urbanização da Quinta da Carvalha, próximo da Unidade de Cuidados Continuados da Cruz Vermelha Portuguesa.
Neste acto marcaram presença o presidente da Autarquia, Nuno Mocinha, o vice-presidente Manuel Valério, a vereadora Vitória Branco, o homenageado, o director da Academia de Música de Elvas, Luís Zagalo, entre outras individualidades.
Para Nuno Mocinha, esta foi “uma forma muito singela de agradecer tudo o que o maestro tem feito pela cidade de Elvas e pelo nosso concelho”, salientando a presença “assídua” de António Victorino D’Almeida “na nossa cidade”.
Já António Victorino D’Almeida ficou “extremamente agradecido e comovido” com esta homenagem.
A placa toponímica foi descerrada pelo maestro e pela sua filha, Ana Victorino D’Almeida, tendo prosseguido a homenagem com a apresentação do livro “Ao Princípio Era Eu”, da autoria de António Victorino D’Almeida, na Biblioteca Municipal, seguindo-se a estreia do filme “O Tempo e as Bruxas”, no Auditório São Mateus, que relata a história de uma família que vive numa pequena terra de província.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Moedas de um e dois cêntimos com fim à vista? Comissão Europeia avalia

A Comissão Europeia lançou uma consulta pública para avaliar o impacto sobre a utilização …