O furto de moedas, medalhas e dinheiro, no valor de 10 mil euros, motivou um homem a apresentar queixa do próprio filho no Posto Territorial da GNR de Vila Viçosa.

A queixa-crime, formalizada no fim-de-semana, surgiu na sequência do alegado autor do crime ter entrado no interior da habitação, ao que tudo indica, com uma chave falsa.
A investigação da GNR decorre na tentativa de apurar os factos e recuperar os bens furtados.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

ARS do Alentejo admite instalar contentores para reabrir extensões de Saúde

O presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo admitiu recorrer à insta…