Um ferido grave e um ligeiro é o resultado de um acidente com uma viatura dos Bombeiros Voluntários de Proença-a-Nova, segundo o portal dos Bombeiros Portugueses. A viatura acidentada estava envolvida no combate a um incêndio na Covilhã.

O fogo, no concelho da Covilhã, deflagrou na sexta-feira e chegou a mobilizar 186 operacionais e sete meios aéreos.

A Serra da Estrela foi uma das zonas mais afectadas pelos incêndios florestais durante o dia de hoje. O Parque de Campismo do Cabeço do Pião foi evacuado.

De Campo Maior a Monção

A intensa actividade dos bombeiros a Norte obrigou a reforços. Os Bombeiros Voluntários de Campo Maior, com uma equipa de cinco homens, para além do comandante, e dois veículos de combate a incêndios, estiveram envolvidos no combate às chamas em Monção, distrito de Viana do Castelo, de acordo com o site Campomaiornews.

A corporação de Campo Maior integra o Grupo de Combate a Incêndios Florestais do Distrito de Portalegre. Há já alguns dias que os bombeiros campomaiorenses se encontram em missão, tendo já participado no combate às chamas no distrito de Castelo Branco e, principalmente, no combate ao grande incêndio de Pedrogão Grande.

Regresso de Cáceres

A Força Operacional Conjunta (104 elementos e 32 veículos, dos Corpos de Bombeiros dos distritos de Castelo Branco, Lisboa, Portalegre e Santarém) enviada a Cáceres para ajudar no combate às chamas na Serra de Gata (Cáceres, Extremadura) regressou durante o dia de hoje.

No maior fogo florestal da região, o dia de sábado foi particularmente difícil para os bombeiros. Estradas cortadas, habitações destruídas, populações desalojadas e um fogo descontrolado, devido ao vento forte, obrigaram as autoridades da Extremadura a solicitar reforços das comunidades vizinhas (Andaluzia, Castilha e Leão e Castilha La Mancha) e de Portugal.

Foto: d.r. | www.bombeiros.pt

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Actual

Veja também

Associações preocupadas com futuro da comunicação social

As Associações de Imprensa portuguesas lutam por apoios do Estado justos e autónomos, com …