O cante alentejano e o fado foram o mote para uma sentida e merecida homenagem a esse grande Alentejano e grande toureiro que foi José Mestre Baptista. Quinta-feira, o Campo Pequeno foi ainda mais Alentejano que o habitual.
Fado e cante património imaterial da humanidade; só falta o toureio.
Especial presença nas cortesias de Luís Miguel da Veiga; a prova de que a rivalidade no toureio é sinónimo de amizade, pois foi ele o seu maior rival nas arenas; e do Francês Luc Jalabert no sentido de homenagear o Mestre.
Uma corrida mista onde coube a Joaquim Bastinhas abrir a noite na parte a cavalo perante um bem apresentado toiro do Eng. Luís Rocha que saiu algo andarilho mas que permitiu ao cavaleiro de Elvas uma lide bem alegre e que chegou forte às bancadas, com lugar para o tradicional par de bandarilhas.
Apeou-se e recebeu de braços abertos fortes aplausos.
Pedro Espinheira executou à primeira tentativa uma grande pega para os forcados do Ribatejo . Cavaleiro e forcado deram volta.
Rui Salvador lidou em primeiro lugar o sobrero pertencente à ganadaria de Falé Filipe que saiu bravo e a pedir contas ao cavaleiro de Tomar; uma lide irregular com o toiro a alcançar a montada em várias ocasiões; ainda assim arriscou e pisou terrenos de compromisso sendo premiado com música no final da lide, e com volta; que deu acompanhado do forcado Nelson Campaniço dos forcados amadores de Monsaraz que pegou o segundo da noite à terceira tentativa.
Juan Batista recebeu por verónicas e chicuelinas o seu primeiro, onde houve lugar a um quite por delantales de Juan del Álamo; brindou a sua lide ao público que acabou por não ser “brindado” com uma grande actuação, nunca encontrou sitio o toureiro francês; faltou temple e ficaram alguns passes soltos por ambos os pitons com o astado a tocar demasiadas vezes a muleta; o toiro de Falé Filipe investia com nervo e algo decomposto; ainda assim, volta para Juan Bautista.
Juan del Álamo recebeu à verónica o seu primeiro,  brindou à esposa de Mestre Baptista e desenhou uma faena toda ela nos médios onde aproveitou as francas investidas do bom toiro de Falé Filipe; foi premiado com volta.
A segunda parte e depois de ter sido descerrada uma placa de homenagem a Mestre Baptista no pátio de quadrilhas iniciou novamente com o toureio de Joaquim Bastinhas ; mais um toiro do Eng. Luís Rocha que saiu com grande impetuosidade oferecendo momentos de grande emoção na forma como o levou toureado na garupa; começou a defender-se logo no início da lide dos curtos, o que impossibilitou o brilho do cavaleiro; cravou a ferragem sem grandes alardes. João Guerreiro dos amadores do Ribatejo pegou o segundo do seu grupo à segunda tentativa; apenas o forcado agradeceu nos médios.
Rui Salvador inspirou-se para terminar com uma grande lide; andou valente o cavaleiro de Tomar lidando um bom e sério toiro do Eng. Luís Rocha; uma lide sempre em crescendo; com destaque para terceiro ferro curto; o público gostou, aplaudiu forte e pediu mais; terminou com ajustada brega, citando em curto e cravando no sitio o ferro com que rubricou uma grande actuação premiada com volta acompanhado do forcado Luís Rodrigues dos forcados de Monsaraz que executou a última pega da noite à primeira tentativa.
Juan Bautista brindou a segunda lide a seu pai Luc Jalabert; uma actuação bem acima da sua primeira onde pudemos assistir a bons momentos de toureio do artista francês; foi premiado com volta.
O último da noite também da ganadaria de Fale Filipe foi lidado por Juan del Álamo; saudou em bandarilhas Joaquim Oliveira depois de cravar dois bons pares; del Álamo brindou a sua actuação ao público Lisboeta no dia da sua apresentação na capital Portuguesa; iniciou a faena por naturais ; boa série de derechazos; dosantina e desplante, para de seguida se colocar de joelhos para mais dois muletazos ; boa faena do toureiro de Salamanca que deu duas voltas.
Meia casa forte para presenciar uma corrida que durou mais de três horas com o público a sair satisfeito.
Herlander Coutinho

{gallery}4_Fotorreportagens/Corrida_Homenagem_Mestre_Baptista/{/gallery}

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais artigos por Redacção
Carregar mais artigos em Uncategorized

Veja também

Vila Viçosa: Concerto no sábado na Igreja dos Agostinhos

Um concerto vai decorrer no sábado, às 18,30h, na Igreja dos Agostinhos, em Vila Viçosa, r…